Parlamento turco aprova formalmente estado de emergência

ANCARA (Reuters) - O Parlamento turco aprovou formalmente uma moção nesta quinta-feira para estabelecer o estado de emergência por três meses no país, após a tentativa fracassada de golpe militar da última sexta-feira.

O presidente turco, Tayyip Erdogan, anunciou o plano para um estado de emergência no final da quarta-feira, alegando que permitiria às autoridades atuarem rapidamente e efetivamente para combater os apoiadores da tentativa fracassada de golpe. Ele acusou um influente clérigo turco que mora nos Estados Unidos de ser o mentor do golpe.

Parlamentares apoiaram a moção por 346 votos a 115. O governista Partido AK, fundado por Erdogan e que está no poder desde 2002, tem uma maioria parlamentar confortável.

(Reportagem de Ercan Gurses)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos