Avião militar da Índia desaparece com 29 pessoas a bordo

Por Sanjeev Miglani e Euan Rocha

NOVA DÉLHI/MUMBAI (Reuters) - Um avião da Força Aérea da Índia com 29 pessoas a bordo desapareceu nesta sexta-feira durante um voo para uma cadeia de ilhas remota no golfo de Bengala, informou o Ministério da Defesa indiano.

A aeronave russa AN-32 estava a caminho de Porto Blair, capital das ilhas indianas de Andaman e Nicobar, depois de partir de Chennai, cidade do sudeste do país, quando sumiu do radar.

Autoridades militares disseram que o tempo esteve ruim no golfo de Bengala nos últimos dois dias, época das monções.

O avião foi detectado pelos radares pela última vez 151 milhas náuticas a leste de Chennai, quando manobrou para a esquerda e perdeu altura rapidamente, a 23 mil pés de altitude, de acordo com a nota enviada pela Força Aérea ao Ministério da Defesa.

Havia 21 militares a bordo, incluindo seis tripulantes. As outras pessoas eram familiares de soldados em serviço nas ilhas.

"Era uma missão de entrega de correspondência de rotina a Porto Blair, o avião estava no ar às 8h30 e deveria pousar às 11h30", disse o porta-voz da Força Aérea, comandante Anupam Banerjee. A aeronave tinha combustível para 4 horas e 15 minutos de voo.

O avião foi reformado e passou por uma atualização em setembro de 2015, de acordo com a nota, que ainda informou que ele apresentou três problemas neste mês – um vazamento de pressão na porta de bombordo, um vazamento hidráulico e uma lentidão no movimento do acelerador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos