Quase 3 mil imigrantes morreram neste ano no Mediterrâneo, diz OIM

GENEBRA (Reuters) - Quase 3 mil imigrantes e refugiados já morreram no Meditarrâneo neste ano, enquanto quase 250 mil chegaram à Europa, informou nesta sexta-feira a Organização Internacional para Migrações (OIM).

O porta-voz da OIM Joel Millman disse durante entrevista coletiva que o número estimado de mortes é de 2.977. Segundo ele, a marca das 3.000 mortes foi registrada mais cedo que em anos anteriores da crise que já dura quatro anos. "Este é ano aconteceu mais cedo, em 2014 foi em setembro e em 2015 foi em outubro."

Cerca de 20 imigrantes têm morrido por dia, segundo dados de quatro meses desde março, principalmente africanos da região Subsaariana que tentam chegar à Itália pela Líbia, acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos