Ameça militante islâmica à Europa nunca foi tão grave, diz Hollande

PARIS (Reuters) - O presidente francês, François Hollande, disse nesta terça-feira que a ameaça militante islâmica contra a França e a Europa nunca foi tão grave como agora, após dois agressores leais ao Estado Islâmico atacarem uma igreja e cortarem a garganta de um padre idoso.

Em um breve discurso televisionado, ele afirmou que a guerra contra a militância islâmica tanto no exterior como no país será longa.

"Diante desta ameaça que nunca foi tão grande na França e na Europa, o governo está absolutamente determinado (a derrotar) o terrorismo", disse Hollande.

(Reportagem de Richard Lough e Leigh Thomas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos