Sogra de chefe da F1 Bernie Ecclestone é sequestrada em São Paulo, diz mídia

SÃO PAULO (Reuters) - A sogra do chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, foi sequestrada em São Paulo e criminosos estão pedindo 120 milhões de reais em resgate, de acordo com reportagens.

Aparecida Shunck, mãe da mulher de Ecclestone, Fabiana Flosi, foi levada na noite de sexta-feira, relatou a mídia. Segundo o site de notícias G1, os criminosos estão mantendo contato com a família.

Ecclestone, que possui, junto com sua família, fortuna estimada pela revista Forbes em 3,1 bilhões de dólares, é um dos mais poderosos dirigentes esportivos do mundo. Ele casou com Fabiana em 2012, três anos após conhecê-la no Grande Prêmio do Brasil de F1.

Ecclestone, de 85 anos, se divorciou de sua então esposa, a modelo croata Slavic Radic, para casar com a brasileira. O casal mora na Inglaterra.

O crime de sequestro era comum no Brasil há uma década, com diversas pessoas sendo vítimas todos os dias, muitas vezes por quantias de poucas centenas de dólares.

Uma repressão policial, incluindo a formação de uma divisão especial antissequestro, reduziu o número de forma considerada, tornando o crime mais raro ultimamente.

(Reportagem Andrew Downie)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos