Eletrobras tem que buscar retorno e não pode entrar em aventuras, diz ministro

BRASÍLIA (Reuters) - A estatal Eletrobras voltará a ser indutora do desenvolvimento do setor elétrico, mas a empresa não poderá sacrificar seus retornos para cumprir esse objetivo, afirmou nesta quarta-feira o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, que ressaltou que a companhia não pode aceitar "qualquer aventura".

O ministro, que falou a jornalistas após participar da posse do novo presidente da elétrica, Wilson Ferreira Jr, disse também que a estatal tem grande necessidade de caixa, mas que há pouco espaço para uma ajuda do governo à companhia. "O Tesouro não está em condições de arcar com todos os desafios que a Eletrobras tem".

(Por Leonargdo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos