Estado Islâmico divulga vídeo de homens que teriam atacado igreja na França

CAIRO (Reuters) - A agência de notícias do Estado Islâmico divulgou nesta quarta-feira um vídeo de dois homens que, segundo a agência, seriam os autores do ataque a uma igreja na França.

No vídeo, os dois homens juram lealdade ao líder do grupo radical.

O vídeo foi divulgado pela agência de notícias Amaq um dia depois de dois homens invadirem uma igreja católica na Normandia durante uma missa, forçarem o padre a se ajoelhar e cortarem a sua garganta.

Os dois homens que se identificaram como Abu Omar e Abu Jalil el-Hanafy apareceram no vídeo de um minuto sentados numa escada e jurando lealdade a Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico.

Um dos dois agressores foi reconhecido como Adel Kermiche, de 19 anos, que estava sob vigilância depois de duas tentativas frustradas de ir para a Síria no ano passado, disse o promotor antiterrorismo da França nesta quarta-feira.

O segundo permanece não identificado. A polícia matou a tiros os dois agressores quando eles saíam da igreja.

(Reportagem de Ahmed Tolba)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos