Para Trump, é forçado pensar que Rússia está por trás de vazamento de e-mails do Partido Democrata

(Reuters) - O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, negou nesta quarta-feira insinuações de que a Rússia está por trás do vazamento de e-mails do Partido Democrata, dizendo ser “forçado” dizer que o ataque virtual tinha intenção de ajudá-lo na corrida eleitoral.

“É tão forçado, é tão ridículo”, disse Trump a repórteres nesta quarta-feira, afirmando que não está convencido de que a Rússia possa estar por trás do vazamento.

“Honestamente, gostaria de ter esse poder. Eu amaria ter esse poder.”

(Reportagem de Emily Stephenson)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos