Entidade mundial de lutas libera 16 de 17 atletas russos para Rio 2016

MOSCOU (Reuters) - A União Mundial de Lutas, entidade responsável pelas modalidades de lutas olímpicas, afirmou nesta quinta-feira que uma comissão especial recomendou que 16 dos 17 lutadores russos que se qualificaram para os Jogos do Rio de Janeiro devem ser liberados para competir.

A entidade informou, por meio de comunicado, que 16 atletas foram testados em laboratórios credenciados fora da Rússia e não constam de relatório com acusações sobre um programa de doping patrocinado pelo governo russo.

O lutador Viktor Lebedev, contudo, não deve participar da Rio 2016 porque teve resultado positivo em teste de doping em 2006, disse a entidade no comunicado.

(Por Christian Lowe)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos