Premiê interino da Espanha aceita mandato do rei para formar governo

MADRI (Reuters) - O primeiro-ministro interino da Espanha, Mariano Rajoy, disse nesta quinta-feira que aceitou um mandato do rei para formar um governo, embora ainda não tenha apoio suficiente para se submeter a uma moção de confiança no Parlamento.

Rajoy deixou em aberto uma data para a realização da votação parlamentar e disse que irá iniciar uma rodada de conversas com outros partidos para tentar convencê-los a votar a favor de seu Partido Popular (PP) conservador.

A maioria das legendas disse nesta semana que não votaria pelo PP, que tem 137 assentos no Parlamento – são necessários 176 para se obter uma maioria.

"Precisamos formar um governo sólido e estável o mais rápido possível", afirmou Rajoy em uma coletiva de imprensa depois de se reunir com o rei Felipe.

"A Espanha precisa de um governo agora, este governo deveria ser liderado pelo PP, não há alternativa a isso", acrescentou.

(Por Julien Toyer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos