BC do Japão afrouxa política monetária com aumento de compras de ETFs

TÓQUIO (Reuters) - O banco central do Japão expandiu o estímulo monetário nesta sexta-feira através de um aumento nas compras de fundos de índices (ETFs), sucumbindo à pressão do governo e dos mercados financeiros para uma ação mais ousada para impulsionar o crescimento e acelerar a inflação para a meta de 2 por cento.

Mas o banco central manteve a meta da base monetária em 80 trilhões de ienes (775 bilhões de dólares), assim como o ritmo de compras de ativos, incluindo títulos do governo japonês.

Também manteve a taxa de juros de 0,1 por cento que cobra de uma porção de reservas em excesso que as instituições financeiras deixam no banco central.

(Reportagem de Leika Kihara, Stanley White, Tetsushi Kajimoto e Minami Funakoshi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos