Bovespa fecha em alta com noticiário corporativo e acumula ganho de 11,5% no mês

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta de mais de 1 por cento nesta sexta-feira, na máxima em quase três meses, com as ações da Petrobras entre as maiores altas, após a estatal ter anunciado a venda de fatia em área no pré-sal por 2,5 bilhões de dólares e com o petróleo em alta.

O noticiário corporativo dominou as atenções no último pregão do mês, com um conjunto misto de resultados que, combinado com anúncios de revisão de estimativas, colocou Embraer e Ambev na ponta negativa e BRF e Raia Drogasil entre as maiores altas.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa subiu 1,38 por cento, a 57.450 pontos. O volume financeiro somava 7,2 bilhões de reais.

Na sétima semana seguida de alta, o Ibovespa avançou 0,79 por cento, acumulando no mês ganho de 11,5 por cento, também conforme dados pré-ajuste de fechamento.

(Por Paula Arend Laier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos