EUA avaliam relatos de que ataque aéreo na Síria tenha causado vítimas civis

WASHINGTON/BEIRUTE (Reuters) - Militares dos Estados Unidos estão investigando relatos de que um ataque aéreo perto de Manbij, Síria, nesta quinta-feira tenha causado vítimas civis, informou o Comando Central norte-americano em comunicado. 

A coalizão liderada pelos EUA que combate militantes do Estado Islâmico conduziu ataques aéreos na área nas últimas 24 horas, disse o comunicado.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos disse durante a noite que pelo menos 28 pessoas, incluindo sete crianças, morreram em ataques aéreos na vila de al Ghandour ao norte da cidade de Manbij. Acredita-se que a coalizão internacional tenha conduzido os ataques aéreos, segundo o grupo que monitora o conflito.

Uma aliança entre curdos e árabes apoiada pelos EUA, conhecida como Forças Democráticas da Síria, tem combatido o Estado Islâmico ao norte da Síria com o apoio de ataques aéreos de uma coalizão liderada pelos Estados Unidos.

Os combatentes dessa aliança, a qual rapidamente tomou controle do território que cerca Manbij, no mês passado, vem tomando aos poucos o controle de áreas ocidentais da cidade nas últimas semanas.

A coalizão anti-Estado Islâmico disse na semana passada que estava investigando outro relato de baixas civis em um ataque aéreo perto da mesma cidade.

(Por Eric Beech em Washington e Lisa Barrington em Beirute)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos