Irmãos Brownlee prometem grande confronto no triatlo olímpico

Por Sudipto Ganguly

MUMBAI (Reuters) - A competição de triatlo da Olimpíada do Rio de Janeiro na praia de Copacabana pode acabar se tornando uma rivalidade fraternal, já que Jonny Brownlee sente estar diante de uma oportunidade de superar seu irmão mais velho e campeão olímpico Alistair no evento masculino da modalidade no mês que vem.

Os espectadores devem lotar o local da disputa de triatlo, que estreou nos Jogos de Sydney em 2000. A prova de ciclismo irá acontecer nos arredores dos morros dos Cabritos e Cantagalo e terminar à beira-mar.

O espanhol Javier Gómez, o único triatleta com cinco títulos mundiais, separou os 'Irmãos Brownlee' no pódio nos Jogos de Londres em 2012.

Na disputa de quatro anos atrás, Alistair, de 28 anos, derrotou Gómez e seu irmão Jonny, que foi prejudicado por uma penalidade de 15 segundos por montar em sua bicicleta cedo demais na transição, no trecho de 10 quilômetros, garantindo a vitória.

Dois anos depois, Jonny voltou a terminar atrás de Alistair, desta vez o segundo lugar, nos Jogos da Commonwealth de 2014 em Glasgow, na Escócia.

O palco estará montado para que os rivais familiares busquem a glória mais uma vez no Rio, já que Gómez desistiu dos Jogos devido a uma fratura no braço esquerdo sofrida em um acidente ciclístico.

Os dois irmãos foram afetados por lesões no ano passado, e Alistair teve que passar por uma operação no tendão de Aquiles.

Alistair, entretanto, mostrou ter se recuperado o suficiente pare defender seu título no Rio com uma vitória enfática em uma disputa da World Series em Leeds no mês passado.

Jonny, que sofreu uma fratura de estresse no fêmur esquerdo no início de 2016, chegou 32 segundos atrás de Alistair e espera virar o jogo no Brasil.

"Pela maneira como Alistair está treinando no momento, se eu vencê-lo acho que deve dar ouro", disse Jonny. "Passados quatro anos, estou um pouco mais forte, mais em forma, mais esperto. Mas entramos nestas corridas muito como se fôssemos nós dois contra o resto do mundo."

"Quando chegamos no pedaço difícil da prova, começamos a competir um contra o outro", completou.

A norte-americana e campeã mundial Gwen Jorgensen será a franca favorita na prova feminina depois de conquistar seu segundo título mundial consecutivo em 2015 e 12 eventos seguidos da World Series entre 2014 e 15.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos