Turquia mata 35 militantes curdos após tentativa de invasão a base, dizem oficiais

DIYARBAKIR, Turquia (Reuters) - O exército turco matou 35 militantes curdos depois de uma tentativa de invasão a uma base militar na província de Hakkari, no sudeste do país, nas primeiras horas deste sábado, disseram oficiais das Forças Armadas.

O ataque durante à noite ocorreu horas depois de confrontos no distrito de Cukurca, em Hakkari, entre soldados e militantes do Partido dos Trabalhadores Curdo (PKK), em que oito soldados morreram, segundo os oficiais.

Os militantes tentaram tomar a base com três grupos separados, mas foram avistados por patrulhas de reconhecimento aéreo. Uma missão aérea foi então acionada, matando 23 militantes, disseram os oficiais.

Outros quatro militantes foram mortos em uma operação terrestre, afirmaram os militares. Os oito mortos restantes foram alvejados em confrontos no distrito de Cukurca

(Reportagem de Seyhmus Cakan and Humeyra Pamuk)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos