Palestino é morto após tentar esfaquear tropas israelenses na Cisjordânia, diz exército

JERUSALÉM (Reuters) - Um palestino foi morto após tentar esfaquear soldados israelenses neste domingo em um ponto de controle na Cisjordânia, segundo o exército.

Desde outubro, palestinos, muitos dos quais agindo sozinhos e com armas rudimentares, mataram pelo menos 33 israelenses e dois visitantes norte-americanos. Pelo menos 206 palestinos foram mortos, 140 dos quais eram assaltantes, segundo Israel. Outros morreram em confrontos e protestos.

Em comunicado, o porta voz do exército afirmou que o homem que portava a faca foi morto no ponto de controle fora da cidade palestina de Nablus, após sair do carro e realizar o ataque em direção às tropas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos