Campanha de Hillary vê aumento expressivo de arrecadação em julho

WASHINGTON (Reuters) - A candidata presidencial democrata Hillary Clinton arrecadou quase 90 milhões de dólares para sua campanha e para o Partido Democrata em julho, e mais da metade das contribuições vieram de novos doadores, informou sua campanha nesta terça-feira.

Sua organização disse que tem 58 milhões de dólares no banco neste início de agosto e que as doações que recebeu no mês passado foram de 44 dólares em média. Dos 90 milhões levantados, 63 milhões foram para a campanha presidencial de Hillary e cerca de 26 milhões para outros democratas, disse a campanha em um comunicado.

Em junho, a indicada democrata arrecadou 68,5 milhões de dólares.

Sua campanha credita o aumento de arrecadação de julho à Convenção Nacional Democrata da semana passada, e disse que o melhor período de coleta de doações via internet de 24 horas começou na noite de quinta-feira, quando a ex-senadora fez o discurso para aceitar formalmente a nomeação do partido para concorrer à eleição de 8 de novembro. A campanha afirmou ter recebido 8,7 milhões de dólares neste intervalo de tempo.

Em um e-mail de arrecadação enviado a seus apoiadores, Hillary enfatizou que não pode considerar garantido nenhum voto em sua tentativa de fazer história e se tornar a primeira mulher presidente dos Estados Unidos.

"Se subestimarmos nosso adversário ou enxergarmos esta corrida como favas contadas, perderemos", afirma no e-mail, referindo-se ao candidato presidencial republicano Donald Trump.

(Por Susan Heavey e Doina Chiacu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos