Ações de energia e do setor financeiro impulsionam bolsas dos EUA

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos avançaram modestamente nesta quarta-feira, após um aumento acentuado nos preços do petróleo impulsionar a ações de energia, enquanto dados melhores que o previsto sobre o mercado de trabalho ajudaram as ações de instituições financeiras.

Os preços do petróleo nos EUA saltaram mais de 3 por cento, encerrando a 40,83 dólares por barril, após uma queda maior que o esperado nos estoques de gasolina ofuscar um aumento surpreendente nos estoques de petróleo bruto do país. O barril nos EUA havia encerrado abaixo dos 40 dólares pela primeira vez desde abril na terça-feira.

O índice Dow Jones subiu 0,23 por cento, a 18.355 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,31 por cento, a 2.163 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,43 por cento, a 5.159 pontos.

"O foco, pelo menos no curto prazo, é definitivamente nos preços da energia e se nós pudermos manter o petróleo a 40 dólares, o mercado está bem aqui. Se não pudermos manter 40 dólares, haverá mais pressão no mercado em geral", disse o estrategista-chefe de Investimentos da Solaris Group, Tim Ghriskey.

Dados mostraram que o setor privado dos EUA acrescentou 179 mil empregos em julho, superando as estimativas de 170 mil. O relatório foi divulgado antes do relatório de emprego nacional, mais abrangente, que será conhecido na sexta-feira.

Se o mercado de trabalho norte-americano for capaz de aumentar sua recente força, pode ser que o Federal Reserve, banco central dos EUA, eleve a taxa de juro ainda este ano.

(Por Chuck Mikolajczak)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos