Seleção argentina de basquete está melhor do que o esperado para Olimpíada, diz Ginóbili

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A seleção argentina de basquete está num nível melhor do que o esperado para a sua estreia nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, disse nesta quarta-feira um dos seus jogadores mais renomados, Emanuel Ginóbili.

A Argentina quer voltar a surpreender o mundo, como fez há mais de uma década, e para isso conta com alguns dos jogadores que a levaram a ganhar a medalha de ouro em 2004 em Atenas. A equipe terá Andrés Nocioni, Luis Scola, Carlos Delfino e Ginóbili, no que seria a última aparição da chamada “geração dourada”.

A equipe se preparou para os Jogos com uma série de amistosos, que, segundo Ginóbili, mostraram muito mais coisas positivas do que se previa.

"Estamos melhor do que o esperado”, afirmou ele a jornalistas nesta quarta. “Ninguém acreditava que a Argentina fosse ganhar quatro dos cinco jogos amistosos que disputou.”

“Agora não temos que pensar que somos favoritos. A lição desta preparação é que agora sabemos que podemos competir contra as potências europeias”, disse o jogador, que também ganhou o bronze em Pequim 2008.

A Argentina está no Grupo B do torneio olímpico com Espanha, Brasil, Croácia, Lituânia e Nigéria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos