ONU diz ter esperança de trégua humanitária em cidade síria de Aleppo

Por Tom Miles e Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) - A Organização das Nações Unidas (ONU) disse nesta quinta-feira que uma atividade diplomática intensa está em curso para se tentar obter uma trégua humanitária nos combates na cidade síria de Aleppo, e que espera ver um acordo para um plano humanitário abrangente nos próximos dias.

A batalha pelo leste de Aleppo, na qual se enfrentam rebeldes sitiados de um lado e forças sírias, russas e outras apoiadas por iranianos de outro, irrompeu em meio a um vácuo diplomático e sem nenhum sinal de avanço nos esforços patrocinados pelos Estados Unidos e pela Rússia para que se chegue a um acordo que leve a uma nova rodada de conversas de paz.

"Ainda há tempo, não podemos perder a esperança. Tenham paciência conosco e acho que dentro de alguns dias pode haver alguma movimentação", disse o vice-enviado especial da ONU para a Síria, Ramzy Ezzeldin Ramzy, aos repórteres em Genebra.

Ramzy disse que as negociações entre Washington e Moscou estão em andamento e que a ONU ainda está comprometida com seu objetivo de realizar uma nova rodada de conversas entre o governo sírio e a oposição perto do final de agosto.

Os EUA e a Rússia estão tendo discussões intensas para "reforçar" a trégua nacional da Síria, que não vingou, e seus especialistas militares ainda tentam acordar um plano de cooperação "que desencadearia a solução completa", disse Ramzy.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos