Presidente do BC britânico diz que ajuste ao Brexit pode ser difícil

LONDRES (Reuters) - O presidente do banco central britânico, Mark Carney, disse nesta quinta-feira que o referendo no qual o Reino Unido decidiu deixar a União Europeia (UE) marcou uma "mudança de regime" para a economia e que se ajustar a essa nova realidade pode se mostrar difícil.

A política monetária sozinha não pode compensar imediatamente ou por completo o choque da votação, disse Carney, após o Banco da Inglaterra cortar a taxa de juros para uma nova mínima recorde de 0,25 por cento e reiniciar seu programa de compra de títulos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos