Atletas de Grécia e Chipre são flagrados em antidoping e deixam Olimpíada

Por Karolos Grohmann

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O atleta do levantamento de peso do Chipre Antonis Martasidis e um integrante da equipe grega foram expulsos dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro depois de testar positivo para substâncias proibidas, disseram suas equipes nesta sexta-feira.

Martasidis testou positivo em um controle de doping realizado em 25 de julho em Atenas e teve seu credenciamento para os Jogos cancelado, disse o Comitê Olímpico Cipriota.

O atleta grego não identificado foi flagrado no doping na amostra A em um teste pré-Jogos, realizado em julho, em Atenas, e o atleta deixou a Vila Olímpica.

"A liderança da equipe olímpica no Rio anuncia a primeira amostra positiva de um membro da equipe realizado durante os testes para drogas realizados no início de julho em Atenas", disse o Comitê Olímpico Helênico.

Martasidis, que competiria na categoria 85 kg, tinha chegado ao Rio horas antes e foi informado do teste positivo em um controle de doping fora de competição, afirmou sua equipe.

Esses casos elevam para três o número de testes positivos anunciados desde que as equipes chegaram ao Rio. Um pugilista irlandês foi suspenso provisoriamente na quinta-feira por causa de doping.

(Reportagem de Karolos Grohmann)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos