Partido governista da África do Sul sofre pior derrota eleitoral desde o apartheid

JOANESBURGO (Reuters) - O Congresso Nacional Africano (CNA), partido governista da África do Sul, perdeu o controle sobre o governo local em Tshwane, sede da capital da África do Sul, segundo os últimos resultados eleitorais conhecidos neste sábado, que deram à oposição Aliança Democrática uma segunda grande vitória na pior votação para o partido governante desde o fim do apartheid.

Enquanto os últimos votos eram contados, o CNA estava liderando na potência econômica Joanesburgo por uma pequena margem. Mas, além de sua derrota em Tshwane, já perdeu no Nelson Mandela Bay, que inclui o centro de produção Port Elizabeth.

Os resultados destas eleições municipais realizadas na quarta-feira reformularam o cenário político na África do Sul, onde o CNA reinava absoluto desde que pôs fim ao governo da minoria branca em 1994 com Nelson Mandela à sua frente.

O partido tem perdido apoio, particularmente nas cidades, entre o eleitorado que sente que sua vida não melhorou e que acusa o presidente sul-africano, Jacob Zuma, de administrar mal a economia.

As mudanças ocorrem antes da eleição nacional de 2019 e também podem encorajar adversários de Zuma dentro do CNA desafiá-lo no partido.

(Por James Macharia, Reportagem adicional de Nqobile Dludla)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos