Pistorius é levado ao hospital com ferimento no pulso

Por James Macharia e Nqobile Dludla

BRASÍLIA (Reuters) - O atleta paralímpico preso Oscar Pistorius foi levado no sábado a um hospital com ferimentos no pulso, disse um porta-voz do sistema penitenciário sul-africano. Ele afirmou que o astro das pistas negou que tenha tentado suicídio.

O múltiplo campeão paralímpico, que cumpre seis anos de prisão por ter assassinado a sua namorada no Dia dos Namorados em 2013, voltou à prisão em Pretória depois do incidente, que coincidiu com o primeiro dia de competições dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

“Oscar Pistorius negou especulações de tentativa de suicídio”, afirmou neste domingo o porta-voz do Departamento de Serviços Correcional, Manelisi Wolela. Ele disse que os ferimentos são leves.

Em tuíte confirmado pela porta-voz da família, o irmão de Pistorius, Carl, disse que era “completamente falso” o rumor de que o atleta tentou se matar. Ele teria escorregado em sua cela e está em bom estado de espírito.

Oscar Pistorius alcançou o auge da sua fama em 2012, quando se tornou o primeiro biamputado a disputar os Jogos Olímpicos, tendo chegado à semifinal dos 400 m rasos em Londres 2012, depois de dois ouros nas Paralimpíadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos