Trump irá propor dedução em gastos com saúde infantil, diz assessor

Por Emily Stephenson

WASHINGTON (Reuters) - O candidato presidencial republicano Donald Trump irá propor que os pais norte-americanos possam deduzir suas despesas com saúde infantil do Imposto de Renda em um discurso que fará nesta segunda-feira com o objetivo de fazer frente às políticas econômicas de sua adversária democrata Hillary Clinton, disse um assessor de campanha.

O assessor, que pediu para não ser identificado, disse ao delinear o plano no domingo: "Não queremos que ter filhos seja uma desvantagem econômica". Ele afirmou que a campanha terá um plano de saúde infantil mais detalhado no futuro.

Bilionário que pleiteia seu primeiro cargo público, Trump quer se contrapor ao argumento de Hillary segundo o qual ele não tem noção dos problemas das famílias trabalhadoras. Ele ainda dirá que, ao contrário da ex-primeira-dama, suas políticas comerciais irão incentivar as empresas a permanecerem nos Estados Unidos, uma preocupação do operariado, categoria que Trump vem tentando cortejar, segundo o assessor.

No discurso desta segunda-feira a líderes empresariais do Clube Econômico de Detroit, Trump também irá propor proteções mais robustas para propriedades intelectuais norte-americanas e uma moratória temporária a novos regulações, disse seu auxiliar.

Uma nova pesquisa de opinião Washington Post-ABC News divulgada no domingo colocou Trump 8 pontos percentuais atrás de Hillary após a convenção democrata na Filadélfia. Um levantamento Reuters/Ipsos de sexta-feira mostrou a corrida mais disputada a três meses da eleição presidencial de 8 de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos