Wal-Mart compra Jet.com para avançar em vendas online, na disputa com Amazon

Por Nandita Bose

(Reuters) - O Wal-Mart disse nesta segunda-feira que vai comprar a varejista online Jet.com por cerca de 3 bilhões de dólares, o maior negócio envolvendo uma empresa startup de comércio eletrônico, em um impulso para reviver seu negócio Web e competir com a Amazon.com.

O Wal-Mart gastou bilhões para fortalecer seu negócio de comércio eletrônico nos últimos anos. O esforço incluiu oferecer transporte pela metade do preço do programa de transporte Prime da Amazon, abrindo centros de distribuição em massa de comércio eletrônico e contratando milhares de empregados.

No entanto, a divisão online do Wal-Mart tem decepcionado, postando o menor crescimento em um ano no primeiro trimestre.

O Wal-Mart disse que vai pagar cerca de 3 bilhões de dólares em dinheiro pela Jet, parte disso ao longo do tempo, além de um adicional de 300 milhões de dólares em ações.

No primeiro trimestre, as vendas online do Wal-Mart cresceram 7 por cento, abaixo dos períodos anteriores. Em 2015, as vendas online do Wal-Mart subiram 12,3 por cento para 13,7 bilhões de dólares, menos do que os 16 por cento da Amazon.com para 92,4 bilhões de dólares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos