BP procura compradores para sua fatia em petroquímica na China

FRANKFURT/HONG KONG (Reuters) - A petroleira britânica BP está buscando compradores para sua fatia de 50 por cento na joint venture de petroquímicos chinesa SECCO, seu maior investimento na China, em negócio que pode arrecadar de 2 bilhões a 3 bilhões de dólares, segundo fontes.

A estatal China Petroleum & Chemical Corp (Sinopec), que detém a outra metade da empresa e tem direito de preferência, disse que está discutindo as condições colocadas pela BP, mas não tomou uma decisão.

A BP está trabalhando com o Morgan Stanley para vender sua fatia na SECCO como parte de um esforço para sair de negócios dos quais não tem o controle, disseram três fontes familiarizadas com o assunto. Um acordo bem-sucedido marcaria a primeira saída significativa da BP de um negócio na China.

Situada em Caojing, perto de Xangai, a SECCO é a maior refinaria petroquímica da China e foi construída a um custo de 2,7 bilhões de dólares, segundo o site da BP.

(Por Arno Schuetze e Denny Thomas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos