Combates em Aleppo persistem após anúncio de cessar-fogo da Rússia, dizem rebeldes sírios

BEIRUTE (Reuters) - Os combates continuavam na cidade síria de Aleppo nesta quinta-feira mais de uma hora após o início de um cessar-fogo de três horas anunciado pela Rússia, disseram dois grupos rebeldes e uma testemunha na localidade, enquanto forças do governo tentavam reverter os avanços obtidos pela oposição na semana passada.

A  Rússia, que apóia o presidente sírio, Bashar al-Assad, e seu governo, disse na quarta-feira que haverá tréguas diárias das 10h às 13h locais para facilitar o fornecimento de ajuda humanitária.

Indagado às 10h45 do horário local se o cessar-fogo estava em vigor, Mohammed Rasheed, porta-voz do grupo rebelde Jaish al-Nasr, respondeu: "Não, pelo contrário".

"Hoje, desde cedo está havendo uma tentativa (do governo) de avançar na área de Ramousah. Está havendo uma grande escalada por parte dos aviões de guerra russos", acrescentou.

Uma testemunha em Aleppo situada perto da linha de frente, entre o setor leste, dominado pelos opositores, e o oeste da cidade, em mãos do governo, também disse ter ouvido combates contínuos depois das 10h30. Uma segunda autoridade rebelde afirmou que a luta prosseguia às 11h locais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos