Estado Islâmico diz que canadense Aaron Driver era um soldado do grupo

WASHINGTON (Reuters) - A Amaq, agência de notícias do Estado Islâmico disse que Aaron Driver, o homem morto durante ação da polícia canadense em casa na quarta-feira, era um "soldado" do Estado Islâmico, disse o serviço de monitoramento SITE nesta quinta-feira.

"O executor do ataque que visava a polícia no Canadá era um soldado do Estado Islâmico e conduziu a operação em resposta aos pedidos para alvejar países da coalizão", teria dito a Amaq segundo o SITE.

A polícia de Ontario disse que Driver estava nos últimos estágios de preparação para atacar um importante centro urbano com uma bomba caseira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos