Hillary vai divulgar sua declaração de impostos de 2015 em dias e critica Trump

WASHINGTON (Reuters) - Dentro de dias, a candidata democrata a presidente dos Estados Unidos Hillary Clinton divulgará sua declaração de impostos de 2015, e o companheiro de chapa dela, o senador Tim Kaine, e a mulher dele, Anne Holton, revelarão as declarações deles dos últimos dez anos, disse uma fonte próxima a Hillary.

As declarações vão mostrar que Hillary pagou um índice efetivo de impostos de 35 por cento e deu cerca de seus rendimentos 10 por cento para a caridade, reportou a a rede CNBC.

O anúncio sobre a divulgação se dá quando o candidato republicano à Presidência dos EUA Donald Trump enfrenta críticas por não mostrar a sua declaração de impostos, uma prática política que não é exigida por lei, mas que tem sido seguida por todos os candidatos à Casa Branca desde 1973.

“Ele se recusa a fazer o que todos os outros candidatos a presidente em décadas fizeram e a divulgar a sua declaração de impostos”, afirmou Hillary nesta-quinta num discurso em Michigan.   

Trump, empresário de Nova York, se recusa a divulgar a sua declaração, dizendo que ela está sendo auditada pelo Serviço Interno de Receita. Ele disse que é improvável que ele o faça antes das eleições presidenciais de 8 de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos