Vídeo de martírio mostra homem prometendo ataque, diz polícia canadense

OTTAWA (Reuters) - O homem canadense morto pela polícia nesta quarta-feira registrou um "vídeo de martírio" citando versos do Alcorão e prometendo um ataque iminente a uma cidade canadense, antes de detonar uma bomba no banco de trás de um táxi quando a polícia se aproximou, disse a polícia nesta quinta-feira.

"Canadá, você recebeu muitos alertas, você foi avisado muitas vezes o que aconteceria com aqueles que lutam contra o Estado Islâmico", um homem coberto com uma máscara preta e identificado pela polícia como Aaron Driver, disse em um vídeo exibido pela Polícia Montada do Canadá em uma coletiva de imprensa em Ottawa.

Driver havia expressado apoio ao Estado Islâmico anteriormente e indicou que planajeva um iminente ataque em uma importante cidade do Canadá, atraindo atenção das autoridades norte-americanas que alertaram a polícia canadense, disseram fontes da inteligência.

(Por Andrea Hopkins)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos