Centrais sindicais anunciam protestos na semana que vem contra redução de benefícios

(Reuters) - As centrais sindicais planejam organizar protestos nacionais na semana que vem contra os planos do governo do presidente interino Michel Temer de reformar a Previdência e benefícios de trabalhadores, sinalizando crescentes tensões em relação aos esforços de redução do déficit fiscal do país.

Com os olhos do mundo voltados aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), maior central sindical do Brasil e outras quatro estão convocando os trabalhadores a se unirem aos protestos na terça-feira.

Não ficou imediatamente claro se os protestos irão interromper os transportes ou outros serviços essenciais. Eles acontecerão nas capitais dos 27 Estados brasileiros e no Distrito Federal, de acordo com um comunicado emitido em conjunto pelas centrais sindicais nesta sexta-feira.

"As centrais sindicais reiteram sua posição de não aceitar qualquer proposta ou negociação que vise retirar direitos trabalhistas e previdenciários da classe trabalhadora, ou precarizar ainda mais as relações de trabalho", disse o comunicado.

A decisão sugere uma crescente oposição a medidas que, segundo o governo, visam racionalizar o inchado Estado brasileiro. Temer quer reformar a Previdência e as leis trabalhistas para, segundo ele, ajudar a reduzir os custos para os empregadores e estimular a criação de empregos.

O Brasil está passando pela pior recessão em oito décadas, junto com um imenso escândalo de corrupção e uma crise política disparada pelos procedimentos de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

O julgamento final de Dilma no Senado está marcado para 25 de agosto e a expectativa é que resulte na cassação definitiva do mandato da petista.

(Por Guillermo Parra-Bernal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos