Forças apoiadas pelos EUA anunciam ataque final contra Estado Islâmico em cidade síria

BEIRUTE (Reuters) - Forças apoiadas pelos Estados Unidos que combatem o Estado Islâmico no norte da Síria e perto da fronteira com a Turquia anunciaram nesta sexta-feira que lançaram um ataque final para expulsar os jihadistas remanescentes da cidade de Manbij.

Contando com o apoio aéreo de uma coalizão liderada pelos EUA ,as Forças Democráticas da Síria disseram na semana passada ter assumido o controle quase total de Manbij, onde um pequeno número de combatentes do Estado Islâmico vem se mantendo.

O ataque desta sexta-feira é "a última operação e o último ataque", afirmou Sharfan Darwish, porta-voz das forças árabes e curdas da Síria.

Darwish disse que cerca de 100 combatentes do Estado Islâmico ainda estão no centro da localidade e que estão usando civis como escudos humanos. Vários civis foram mortos tentando fugir, contou.

A ofensiva do grupo rebelde, que começou no final de maio, capturou rapidamente áreas nos arredores de Manbij, mas desacelerou assim que os combates irromperam na cidade.

A campanha objetiva expulsar o Estado Islâmico de áreas que controla ao longo da divisa turca, que durante anos foi uma rota através da qual o grupo movimentou combatentes e armas.

(Por Suleiman al-Khalidi e John Davison)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos