Lucro da trading Olam sobe 20% no trimestre

CINGAPURA (Reuters) - A Olam, trading de commodities com sede em Cingapura, relatou um aumento de 20 por cento em seu lucro no segundo trimestre, para 114,9 milhões de dólares de Cingapura (85,5 milhões de dólares), ajudado por um forte desempenho em seu negócio global de alimentos.

O lucro operacional, que exclui itens excepcionais, aumentou 19,2 por cento, para 114,8 milhões de dólares de Cingapura.

A empresa disse que seu segmento de alimentos e ingredientes de bebidas, bem como os seus negócios de commodities alimentares e processados, teve um forte desempenho.

A Olam, que conta com o investidor estatal de Cingapura Temasek Holdings e a japonesa Mitsubishi entre seus maiores acionistas, é um participante importante nos mercados de uma série de commodities, incluindo o cacau, café e nozes comestíveis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos