Organizadores fecham piscina de saltos ornamentais para tratar água verde

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os organizadores da Olimpíada Rio 2016 cancelaram os treinos de saltos ornamentais na manhã desta sexta-feira e fecharam a piscina do Parque Aquático Maria Lenk para tentar recuperar o tom azul original da água.

A piscina dos saltos ficou verde nesta semana, se tornando alvo de inúmeras críticas e piadas e criando uma dor de cabeça para os organizadores. Uma piscina adjacente, usada para o pólo aquático e o nado sincronizado, também começou a mudar de cor nos últimos dias.

"Nós confirmamos que os treinos dos saltos ornamentais no Parque Aquático Maria Lenk foi cancelado esta manhã", disse o Comitê Rio 2016 em comunicado.

O motivo é que a água precisa ficar parada para então a piscina retornar à sua cor azul original o mais rapidamente possível, segundo os organizadores.

Os atletas estão treinando fora da água nesta manhã no Maria Lenk, acrescentou a organização, fazendo referência ao setor da arena em que os atletas podem praticar usando trampolins.

Os organizadores dos Jogos disseram que a piscina reabriria mais tarde nesta sexta-feira para treinamentos, assim como para as preliminares do salto em trampolim de três metros para mulheres.

A federação internacional de esportes aquáticos, a Fina, disse que a mudança de cor da água foi resultado de uma falha dos organizadores no tratamento, depois que os produtos químicos dos tanques acabarem.

(Por Brenda Goh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos