Parlamento iraquiano aprova reforma ministerial e reforça premiê Abadi

Por Maher Chmaytelli

BAGDÁ (Reuters) - O parlamento iraquiano aprovou nesta segunda-feira a nomeação de Jabar Ali al-Luaibi, ex-chefe da principal companhia estatal de petróleo, como ministro do Petróleo, em uma reforma ministerial para impulsionar a liderança do premiê Haider al-Abadi.

Luaibi, que liderou a South Oil Company, que produz maior parte do petróleo do país, foi um dos seis candidatos nomeados por Abadi para preencher vagas ministeriais que estavam vazias.

O parlamento aprovou cinco deles, de acordo com a TV estatal, rejeitando somente a escolha para Ministério do Comércio.

As escolhas amenizam a crise política que emergiu em fevereiro por reformas contra a corrupção propostas por Abadi, e consolida sua posição antes de uma batalha planejada para este ano para reconquistar Mosul, maior cidade sob controle do Estado Islâmico.

O enviado dos Estados Unidos para a coalizão anti-Estado Islâmico, Brett McGurk, recebeu bem a aprovação dos cinco ministros, dizendo em publicação do Twitter que o aval parlamentar superou um impasse de meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos