Trump vai receber primeiro informe de segurança nacional como candidato

Por Mark Hosenball

WASHINGTON (Reuters) - O candidato presidencial republicano, Donald Trump, deve receber seu primeiro informe de segurança nacional de autoridades de inteligência dos Estados Unidos nesta semana, disseram fontes nesta terça-feira.

Representantes do Escritório do Diretor de Inteligência Nacional informarão o empresário de Nova York a respeito de uma gama abrangente de temas de política externa e de segurança nacional, mas não fornecerão informações ultrassigilosas sobre operações de espiões norte-americanos infiltrados em andamento ou sobre as identidades e os métodos das fontes de inteligência, de acordo com uma fonte a par do assunto.

O Diretor de Inteligência Nacional serve como chefe da comunidade de inteligência dos EUA, aconselhando o presidente, o Conselho de Segurança Nacional e o Conselho de Segurança Interna em temas relacionados à segurança nacional.

"Sei que haverá um informe, e que será nesta semana", confirmou o assessor de política externa de Trump, Walid Phares, em um e-mail à Reuters.

A rede de televisão ABC News noticiou que, na ocasião do informe, Trump terá a companhia de dois assessores de primeiro escalão, o general Michael Flynn, ex-diretor da Agência de Inteligência da Defesa, e o governador de Nova Jersey, Chris Christie, que lidera a equipe de transição presidencial de Trump.

(Reportagem adicional de Amanda Becker)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos