Justiça do Rio ordena apreensão de passaportes de nadadores dos EUA Lochte e Feigen

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Justiça do Rio de Janeiro ordenou nesta quarta-feira apreensão de passaportes e maiores esclarecimentos dos nadadores norte-americanos Ryan Lochte e James Feigen, informou o Comitê Olímpico dos Estados Unidos (Usoc), à medida que autoridades questionam versões sobre como foram assaltados por ladrões armados no Rio.

O porta-voz do comitê Patrick Sandusky disse por e-mail à Reuters que a dupla deixou a Vila dos Atletas, na Barra da Tijuca, após o fim da competição de natação.

Ele afirmou ainda que não podia informar o paradeiro de Lochte e Feigen por razões de segurança, mas disse que o Usoc está cooperando com autoridades brasileiras.

(Reportagem de Steve Keating)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos