Corte esportiva confirma suspensão de ciclista brasileiro e nadadora da China da Rio 2016

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Corte Arbitral do Esporte (CAS) confirmou nesta quinta-feira a suspensão de dois atletas da Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 por prática de doping.

A nadadora chinesa Chen Xinyi foi desclassificada pelo uso do diurético hidroclorotiazida, e o competidor brasileiro de ciclismo de estrada Kléber Ramos saiu da Rio 2016 em função do uso de EPO, que aumenta a quantidade de glóbulos vermelhos no sangue.

As respectivas federações internacionais dos atletas – a Federação Internacional de Natação (Fina) e a União Ciclística Internacional (UCI) – serão responsáveis pela aplicação de sanções depois dos Jogos do Rio, disse a CAS.

O ciclista Kléber Ramos competiu na Olimpíada do Rio e sequer conseguiu terminar a prova de estrada. Ele foi flagrado em um exame antidoping realizado antes dos Jogos de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos