Enviado da ONU para a Síria lamenta falta de comboios de ajuda em Aleppo

GENEBRA (Reuters) - O enviado especial da Organização das Nações Unidas para a Síria, Staffan de Mistura, disse nesta quinta-feira que nenhum comboio de ajuda alcançou áreas sitiadas da Síria no mês passado, e que suspendeu uma força-tarefa humanitária até a próxima semana como sinal para grandes potências.

De Mistura disse que uma pausa de 48 horas em confrontos na cidade síria de Aleppo será o principal tópico de um encontro nesta quinta-feira de um grupo de países que trabalham para a cessação das hostilidades.

"Eu insisto, em nome do secretário-geral (da ONU): para se ter uma pausa de 48 horas em Aleppo, para começar, irá requerer um grande esforço não só dos dois copresidentes (Rússia e Estados Unidos), mas também daqueles que possuem influência em solo", disse Mistura a repórteres em Genebra.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos