Membro do COI preso no Rio vai deixar hospital e prestar depoimento, diz fonte

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) preso no Rio de Janeiro Patrick Hickey estava prestes a deixar o hospital nesta quinta-feira e deve ser levado a uma delegacia para prestar depoimento, disse à Reuters uma fonte próxima à situação.

A polícia do Rio prendeu o principal dirigente olímpico da Europa, em uma operação na quarta-feira pela manhã, por suspeita de envolvimento em um esquema de venda ilegal de ingressos para os Jogos Olímpicos do Rio. [nL1N1AY25U]

O irlandês, de 71 anos, deu entrada no hospital Samaritano com dores no peito depois de sua prisão.

(Por Ossian Shine)PF

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos