Bombas incendiárias são jogadas em hospital, diz grupo rebelde sírio

(Reuters) - Um helicóptero militar sírio jogou bombas-barril incendiárias no único hospital na cercada Daraya, controlada pela oposição, no início desta sexta-feira, colocando-o fora de ação, disseram rebeldes e uma organização que monitora a guerra.

Cerca de 25 pessoas que estavam no hospital foram retiradas, e ninguém ficou ferido, afirmou por e-mail Issam al-Reis, porta-voz dos grupos da Frente Sul do Exército Sírio Livre, mas todo o equipamento médico do hospital foi destruído.

O Exército jogou 45 bombas-barris em Daraya, lançou dezenas de foguetes contra o local e o bombardeou de forma pesada desde meia-noite, declarou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um grupo de monitoramento com base no Reino Unido.

Essas bombas são barris de combustível cheios de material explosivo e estilhaços que pegam fogo e causam queimaduras graves. Seu uso foi condenado pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas no ano passado.

Não foi possível contatar militares sírios de imediato sobre a situação. O governo havia negado usar bombas-barril, mas o emprego delas tem sido amplamente registrado pela comissão de investigação das Nações Unidas sobre a Síria.

Daraya, a apenas 12 km de Damasco, está cercada pelo governo desde 2012, mas agências humanitárias tiveram acesso à cidade durante a interrupção das hostilidades ocorrida neste ano.

Nem o Estado Islâmico nem o Jabhat Fatah al-Sham, antes chamado de Frente Nusra e alinhado com a al Qaeda até o mês passado, têm Daraya como base, disse Reis.

Na terça-feira, a Human Rights Watch afirmou em relatório que a Síria e Rússia, que interveio no conflito há um ano com ataques aéreos em apoio ao governo, estavam usando as armas incendiárias numa violação das leis internacionais.

(Reportagem de Angus McDowall)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos