Trump diz lamentar comentários passados que causaram sofrimento

Por Ginger Gibson

CHARLOTTE, Estados Unidos (Reuters) - No primeiro discurso que fez após reformular sua equipe de campanha nesta semana, o candidato presidencial republicano Donald Trump pediu desculpas na quinta-feira por comentários passados que "podem ter causado sofrimento pessoal" num momento em que procura redirecionar sua mensagem em reação à queda nas pesquisas de intenção de voto.

"Às vezes, no calor do debate e falando sobre uma variedade de temas, você não escolhe as palavras certas, ou diz a coisa errada", disse Trump a uma plateia de Charlotte, no Estado da Carolina do Norte. "Fiz isso, e o lamento, particularmente quando pode ter causado sofrimento pessoal. Existe muita coisa em jogo para nos desgastarmos com essas questões."

Trump não citou nenhum exemplo de tais comentários. O empresário de Nova York fez de sua "fala dura" e de seu estilo estridente um recurso de campanha para a eleição de 8 de novembro, pedindo desculpas raramente quando criticado, mesmo por membros de seu próprio partido, por comentários ofensivos sobre mulheres, muçulmanos e imigrantes mexicanos.

No discurso do ano passado no qual anunciou que buscaria a candidatura presidencial, ele descreveu alguns imigrantes mexicanos como "criminosos e estupradores". Recentemente ele recebeu uma avalanche de críticas por menosprezar a família de um soldado norte-americano muçulmano que morreu no Iraque em 2004 depois de o pai do militar se pronunciar contra Trump na Convenção Nacional Democrata no mês passado.

A campanha de sua rival democrata, Hillary Clinton, rejeitou rapidamente as desculpas do magnata, dizendo: "Donald Trump literalmente iniciou sua campanha insultando as pessoas".

"Hoje à noite descobrimos que seu redator de discursos e responsável pelo teleprompter sabe que ele tem muito pelo que deveria se desculpar", afirmou a campanha em um comunicado.

"Mas essa desculpa hoje à noite é simplesmente uma frase bem escrita até que ele nos diga qual de seus muitos comentários ofensivos, truculentos e conflituosos ele lamenta --e mude completamente de tom."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos