Parlamento turco aprova acordo de reconciliação com Israel

(Reuters) - O parlamento da Turquia aprovou um acordo de reconciliação assinado com Israel em junho, o qual encerrou um rompimento de seis anos entre as duas potências regionais, disse o primeiro-ministro Binali Yildirim neste sábado.

As relações entre os dois países foi rompida após fuzileiros navais israelenses terem invadido um navio turco em 2010 para evitar que furasse um bloqueio naval imposto sobre a Faixa de Gaza, dominada pelo grupo Hamas, matando 10 turcos a bordo.

Israel, que já havia oferecido suas desculpas pelo incidente, concordou sob o acordo a pagar 20 milhões às famílias dos mortos e aos feridos.

Ambos os países devem indicar embaixadores sob o novo acordo, em uma medida direcionada pela possibilidade de lucrativos novos acordos de gás no Mediterrâneo.

O acordo, assinado em 28 de junho, foi um raro esforço de reaproximação no dividido Oriente Médio, também motivado por temores mútuos sobre crescentes riscos de segurança.

(Por Humeyra Pamuk e Dasha Afanasieva)

((Tradução redação Brasília, 55 61 3426 7022))

REUTERS MCM

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos