Halterofilista mongol testa positivo para testosterona

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Um halterofilista da Mongólia foi desclassificado no dia final dos Jogos Olímpicos do Rio no que foi a última decisão da Corte Arbitral do Esporte antes do fim do evento, afirmou o tribunal máximo do esporte mundial neste domingo.

Chagnaadorj Usukhbayar, de 19 anos, e que competiu na categoria até 56kg, testou positivo para testosterona, se tornando o sétimo atleta a apresentar resultado positivo no exame antidoping na Olimpíada no Brasil.

"Ao todo, a Corte... lidou com sete casos de doping", disse a entidade em comunicado.

"Embora o escritório no Rio será fechado hoje, a divisão antidoping da Corte Arbitral do Esporte permanecerá ativa em Lausanne (...) para tratar de quaisquer solicitações do COI (Comitê Olímpico Internacional) em relação a testes positivos de doping realizados nos últimos dias dos Jogos Olímpicos de 2016."

Os Jogos do Rio se encerram neste domingo.

(Por Karolos Grohmann) 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos