Itália terá eleições em 2018 independentemente do resultado de referendo, diz premiê

(Reuters) - Eleições gerais serão realizadas na Itália em 2018, não importa como termine referendo sobre a reforma constitucional previsto para este ano, disse no domingo o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi.

Renzi apostou seu futuro político em persuadir eleitores a apoiar a mudança constitucional no voto popular, que ele diz que vai gerar maior estabilidade política.

Questionado em uma entrevista se as eleições seriam em 2018, independentemente do resultado do referendo, Renzi respondeu "sim".

(Reportagem de Silvia Ognibene)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos