Ao menos 22 vítimas de ataque em festa de casamento na Turquia eram menores de 14 anos, diz autoridade

ANCARA (Reuters) - Ao menos 22 das vítimas de um ataque suicida a bomba em uma festa de casamento na cidade turca de Gaziantep no fim de semana tinha menos de 14 anos de idade, disse nesta segunda-feira uma autoridade do governo.

Uma criança com idade entre 12 e 14 se explodiu em ataque que matou ao menos 51 pessoas, disse o presidente Tayyip Erdogan no domingo, acrescentando que evidências iniciais sugerem que o ato foi orquestrado pelo Estado Islâmico.

A autoridade disse que o número de 51 mortos não inclui o autor do ataque. Autoridades disseram que um colete de explosivos foi encontrado no local do ataque mais mortal entre uma série de atos realizados na Turquia neste ano.

O Estado Islâmico foi culpado por ataques similares na Turquia, muitas vezes tendo como alvos multidões curdas em esforços para inflamar tensões étnicas.

(Reportagem de Dasha Afanasieva)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos