Exportações de derivados de petróleo da China disparam em julho

PEQUIM (Reuters) - As exportações de diesel, gasolina e querosene da China dispararam em julho ante o ano anterior, segundo dados da alfândega divulgados nesta segunda-feira, no sinal mais recente de que o maior consumidor de matérias-primas do mundo está tendo dificuldades de lidar com um excedente de combustíveis.

As exportações de diesel aumentaram 181,8 por cento, para 1,53 milhão de toneladas, as vendas externas de gasolina subiram 145 por cento, para 970 mil toneladas, e as exportações de querosene saltaram 46 por cento, para 1,09 milhão de toneladas.

A segunda maior economia do mundo importou 1,6 milhão de toneladas de gás natural liquefeito, uma queda de 16,4 por cento ante o ano anterior, e aumentou suas compras de querosene no exterior em 15,2 por cento, para 340 mil toneladas.

((Tradução Redação São Paulo 55 11 56447751))REUTERS RS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos