Biden diz que EUA estão comprometidos com suas obrigações com a Otan

RIGA (Reuters) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, garantiu aos países bálticos nesta terça-feira que seu país irá respeitar a promessa da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) de protegê-los e disse que os comentários em sentido contrário do candidato presidencial republicano Donald Trump não deveriam ser levados a sério.

A visita de Biden acontece em um momento de tensões elevadas com a Rússia na região, e Trump insinuou que, caso seja eleito, poderia abandonar o compromisso da Otan de defender automaticamente todos os membros da aliança.

    "Quero deixar absolutamente claro a todos os povos dos Estados bálticos: comprometemos nossa honra sagrada, os Estados Unidos da América..., ao tratado da Otan e ao Artigo 5", disse Biden na capital da Letônia.

Biden repudiou os comentários de Trump e disse que o comprometimento bipartidário com a Otan é predominante nos EUA.

    "O fato de que ocasionalmente se ouve algo de um candidato presidencial do outro partido não é... nada que deva ser levado a sério", afirmou o vice.

    Em julho, líderes da Otan concordaram em enviar forças militares aos Estados bálticos e ao leste da Polônia pela primeira vez e intensificar as patrulhas aéreas e marítimas para tranquilizar aliados da região preocupados com a ameaça vinda da Rússia.

    (Por Jeff Mason e Gederts Gelzis)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos