Justiça do Rio diz que não há audiência marcada para ex-membro do COI preso por venda ilegal de ingressos

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Justiça do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira que não há data para uma audiência para Patrick Hickey, ex-membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) preso na semana passada por acusações de participação em esquema de venda ilegal de ingressos da Rio 2016.

O irlandês de 71 anos foi preso durante operação na semana passada no hotel de luxo em que estava com sua esposa e membros do COI.

Ele teve fiança negada por uma juíza brasileira e foi transferido para Bangu, complexo penitenciário no Rio.

Alguns relatos na imprensa apontaram anteriormente que Hickey iria se apresentar perante juíz na terça-feira, mas a Justiça do Rio informou que nenhuma audiência foi marcada.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos